80 pontos de Cultura localizados no Piauí receberão repasses

04 julho

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult) dá continuidade ao projeto que abrange 80 Pontos de Cultura no Piauí. A partir da próxima semana será iniciado o repasse dos recursos, num total de R$ 2,5 milhões, para as entidades proponentes de Pontos de Cultura por todo o Estado, que trabalham em diversas áreas como dança, teatro, capoeira, música e artesanato, além de abranger também comunidades quilombolas e de remanescentes indígenas. A solenidade que marca a liberação desses recursos acontece na segunda (3), a partir das 10h30, no Palácio de Karnak.
O Ponto de Cultura “Nossas Raízes”, de Batalha, levará uma apresentação musical para a solenidade, que também deve contar com a presença de representantes de outros pontos de cultura do Estado.
“Estamos trabalhando há um ano para retomar a liberação desses valores, que já estão disponíveis. Os Pontos de Cultura desempenham um papel importante nessas cidades, levando o fazer cultural à população através de cursos, oficinas e apresentações. Sem dúvida, este é um marco importante para a cultura piauiense, pois garante o incentivo do projeto, presente em 76 municípios”, explica o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.
Em janeiro deste ano, a Secult realizou um encontro com presidentes das associações proponentes dos Pontos de Cultura do Estado, para tratar da liberação dos recursos.
O Programa Cultura Viva é o responsável pela Rede de Pontos de Cultura do Piauí conveniada com o Ministério da Cultura (MinC). O convênio Nº 363/2007 foi assinado em 2007 e contemplou os 80 Pontos de Cultura, com três parcelas de R$ 60 mil para cada ponto. A primeira parcela foi paga em 2008 a todos os 80 Pontos de Cultura, com um valor total de R$ 4,8 milhões. Em 2013, a segunda parcela foi paga apenas a 37 Pontos de Cultura com um valor total de R$ 2.220.000,00. A partir da próxima semana será iniciado o pagamento do restante da segunda parcela aos 43 Pontos de Cultura que não foram contemplados em 2013, com um valor total de R$ 2.580.000,00.
A liberação do recurso acontece por ordem de solicitação acompanhada da documentação de habilitação plena no Siscon e visitas in loco da Coordenação Estadual que emite o parecer favorável à liberação.
Criada em 2014, a Política Nacional de Cultura Viva visa garantir a ampliação do acesso da população aos meios de produção, circulação e fruição cultural a partir do Ministério da Cultura, em parceria com governos estaduais e municipais e por outras instituições, como escolas e universidades.

O professor Totonho, Supervisor de Ensino Estadual, avalia que: ''É mais uma ação do Governador W. Dias em Vila Nova do Piauí. Os recursos vêm dá suporte financeiro para execução de projetos educativos culturais executados pela Secretaria Municipal de Cultura, que tem à frente a Professora Marli Veloso, da Adm. Trabalho e Compromisso 2017/2020''.
Fonte: Redação cidadeverde.com
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: