Prefeitura realiza arrastão contra o mosquito Aedes Aegypti e mobiliza população em Vila Nova do PI


Com o tema “Você a água não podem ficar parados! Vila no combate  a Dengue, Chikungunya e ZiKa”. A Prefeitura de Vila Nova do Piauí através da Secretaria Municipal de Saúde declararam guerra ao mosquito Aedes Aegypti. Cerca de 150 pessoas de todas as secretarias municipais em ação conjunta e lideradas pelo prefeito Edilson Brito e a primeira dama Ana Carolina, realiza na manhã desta terça-feira (21), um arrastão com ações de combate ao mosquito por todas as ruas, casas, prédios públicos, terrenos baldios e pontos comerciais da Cidade e da Zona Rural. Realizando ações efetivas de prevenção, vistoriando e recolhendo o lixo e outros materiais passíveis de criadouro das larvas do mosquito. Além disso, conscientizam e orientam a população sobre as medidas de prevenção dos focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.
Esse ano os pontos de partida foram na Prefeitura na sede de Vila Nova, na Praça do Povoado São João Batista e no Posto de Saúde da localidade Cacimbas.
As equipes compostas por diversos profissionais contaram com a presença do vice- prefeito Antônio Tiago, dos vereadores, Bibia de Benicio (PSD), Adelino Oliveira (PSB) e Deijano Lima (PMDB) na sede; e ainda os vereadores Adonelys Araújo (PSB), Severo Sousa (PSB) e Luís Acelino (PP) no povoado que formaram grupos e percorreram toda a zona rural e urbana, visitando casa por casa.
Profissionais das varias secretarias, vereadores, professores e alunos participam do arrastão na sede do município (Crédito: Jota Ferreira/ASCOM).
Além da inspeção nos quintais, em busca de vasilhas e objetos que possam acumular água, que serve de criadouro para o mosquito, as equipes aplicam larvicidas em caixas d’água e orientam os moradores quanto às formas de evitar a doença e os sintomas da dengue, febre chinkungunha e zika vírus. Maquinas da Prefeitura também ajudam no trabalho de limpeza.
Varias ações já foram realizadas durante a semana:
Gestão e funcionários reunidos na tarde do 20/03/2017 para organizar o dia D da campanha contra o Aedes Aegypti
Além do Arrastão de combate ao mosquito, desde dia 10 de março o município realizou diversas ações com palestras nas escolas, e visitas domiciliares com os agentes de endemias, prevenindo o povo vilanovense. Além de reuniões com a equipe para mobilizar o dia “D” da campanha.
Prefeito Edilson Brito, secretaria de saúde Almerinda Luz no centro da imagem, ladeado pelos voluntários do arrastão no povoado São João batista (Crédito: Jota Ferreira/ASCOM).
“A melhor forma de se prevenir a dengue, a zika e a chikungunya é combatendo o mosquito. As pessoas têm que ter a consciência de cuidar do seu próprio ambiente, porque 80% dos criadouros do Aedes aegypti estão dentro das casas. É o pratinho da planta, a vasilha, a garrafa deixada no quintal, à caixa d’água destampada, qualquer recipiente que possa acumular água vira um criadouro do mosquito”, alerta o prefeito Edilson Brito que acompanhou o arrastão na sede e na zona urbana.
Edilson agradeceu ainda a todas as pessoas que participam do arrastão e se empenham na mobilização. “Agradeço a todos os funcionários, vereadores e a comunidade vilanovense que mais uma vez participam e realizamos um grande arrastão contra o Aedes Aegypti, nós e a água não podem ficar parados Vila no combate ao Aedes Aegypti, ele não vai nos vencer” Finaliza o prefeito.
Almerinda em sua fala a Assessoria de Comunicação
A secretária de Saúde, Almerinda Tadeuza da Luz, falou sobre as ações da Campanha Municipal de combate ao mosquito. “Desde inicio de março o município vem se mobilizando com ações concretas para eliminar os focos do mosquito Aedes Aegypti, com ações conjuntas e eficazes graças a Deus nós tivemos poucas notificações de casos do mosquito, o que não nos faz parar, pois o mosquito se reproduz a cada sete dias, por isso é importante o cuidado diário e contínuo”, explicou.
Para a secretária, o mutirão foi um sucesso. “Coletamos um quantidade muito grande de lixo e esperamos que a sociedade tenha se sensibilizado, afinal de contas, o combate ao mosquito depende muito da participação das pessoas”, disse.
A Professora Ivanilda, da esquerda para a direita com seu grupo (Crédito: Jota Ferreira/ASCOM).
A professora Ivanilda que integra uma das equipes destaca a importância da ação. “A gestão tem feito com muito empenho o seu papel, mas cabe a todos nós também fazer a nossa parte, a limpeza está feita, as orientações foram repassadas agora vamos juntos continuar o combate”, disse.
Veja mais fotos:




FONTE: ASCOM MUNICIPAL / IAGO SOUSA | FOTOS: JOTA FERREIRA
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: