VILA NOVA 21 ANOS | Ministro Vicente Leal lançará livro no dia 17 de dezembro; Veja


O ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça, Vicente Leal de Araújo, lançará sua obra literária, intitulada “Ao Entardecer”, no próximo dia 17 de dezembro, na cidade de Vila Nova do PI. O evento cultural será realizado no Ponto de Cultura “Cidade Poesia” as 18h e fará parte da programação de 21 anos de emancipação política de Vila Nova do Piauí.
O lançamento do livro será regado a música e diversas apresentações culturais, reisado, cantoria com a dupla Jairo e Jefferson e Show com o cantor Darlan Alves e banda.
A arrecadação da venda dos livros serão doados em beneficio da conservação da Capela de Nossa Senhora da Conceição, localizada na localidade Caiçara município de Campo Grande do Piauí.
6e05fb44-8395-41f5-b866-b54f82fe0191
Banner divulgação
O LIVRO- possui 248 páginas, com crônicas sobre os mais variados temas. “São expressões do entardecer da vida, quando passamos dos 70 anos, adquirimos uma certa maturidade para pensar, refletir e continuar sonhando. E aqui estão algumas ideias, pensamentos consolidados, que agora foram registrados nesta obra literária”, disse Leal. No livro, o autor anuncia que são registros de memória e avaliações circunstanciais de fatos da vida, expressivos de protestos e de gritos da alma que se encontravam presos. Alguns desses artigos, inclusive, já foram publicados em jornais.
‘Ao Entardecer’ retrata um conjunto de escritos que podem ser classificados como crônicas vivenciais, que o autor identifica como registros de memória e avaliações circunstanciais de fatos da vida, expressivos de protestos e de gritos da alma que se encontravam “presos na garganta”.
Nesses “gritos” de Vicente Leal, podem ser encontrados temas os mais variados, uma mistura de ensaios e reflexões, tais como virtudes humanas, questões sociais, assuntos político-jurídicos, homenagens a figuras modelares que já se foram, com destaque para alguns ensaios sobre dignidade humana, defesa dos excluídos, desigualdade social, felicidade, ética, solidariedade, perdão, meio ambiente, inclusão cultural e outros tópicos que merecem reflexão. “É um manual próprio para leitura em tardes de verão, pois como explica o autor, foi escrito no entardecer da vida, quando o coração humano abre espaço para a melancolia do tempo passado e visualiza a incerteza do porvir. É livro para jovens e velhos e nas suas páginas se denotam a presença do amor a Deus e às criaturas”, disse  o ministro.
O livro foi lançado pela primeira vez no mês de maio, na localidade Caiçara, onde o ministro tem suas origens familiares. Também já foi lançado em Brasília, onde Vicente reside e na cidade de Fortaleza.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: