Piauí registra aumento de 716,1% em casos de ‘chikungunya’ em 66 cidades



De janeiro ao dia 10 de agosto, o Piauí notificou 2.081 casos de chikungunya, em 66 municípios, um aumento de 716,1%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 255 casos, em seis municípios. Em 2016, são 736 confirmados por laboratório.

Os casos de dengue tiveram redução de 33,6% em 2016, foram 4.760 casos notificados; quando em 2015, foram 7.170. O boletim da 31ª Semana Epidemiológica foi apresentado pela Sala Estadual de Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia, da Secretaria de Estado da Saúde.

O secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, durante uma reunião do Conselho Estadual de Saúde nesta quarta-feira(10), explanou sua preocupação em relação ao aumento desses casos e convocou os órgãos de controle social para atuar, junto ao Governo do Estado, no combate as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

“Os casos de microcefalia estão praticamente estabilizados. Mas isso ocorre porque as mães que tiveram o zika vírus no primeiro semestre de 2015 e começaram a ter seus filhos de novembro do ano passado a fevereiro de 2016, quando nós tivemos aquela explosão do número de casos. Sabemos que uma ação de mobilização de toda a população só funciona bem se for integrada e os entes precisam estar vigilantes”, disse Francisco.

Até o início deste mês, o Piauí já contabiliza 338 casos prováveis de zika víruis, sendo cinco confirmados. “Esse números tendem a aumentar e é importante que tenhamos esse cuidado, uma vigilância de forma mais expressiva. Para isso, temos mobilizado também as secretarias municipais, mas precisamos estar atuando nos mais diversos setores para que a gente posa conseguir diminuir esse reflexo que porventura venha no futuro”, concluiu o secretário.

Microcefalia
A atualização do boletim epidemiológico mostra que no Piauí foram notificados 181 casos notificados de microcefalia. Destes, noventa e três são confirmados, sendo dois deles relacionados ao zika vírus. Além disso, dos 181, onze seguem em investigação e 77 foram descartados.


Fonte: Cidades na net 
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: