Governo reúne prefeitos para apresentar novo modelo de gestão do Hospital de Picos


A vice-governadora Margarete Coelho, juntamente com o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, apresentaram aos prefeitos dos territórios Vale do Rio Guaribas, Vale do Canindé e Vale do Rio Sambito o novo modelo de gestão a ser implantado no Hospital Regional Justino Luz, em Picos. A reunião, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (2), não contou com a presença do governador Wellington Dias, que foi à Brasília convocado pela presidente Dilma Roussef.
O presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM), Arinaldo Leal, e mais 30 prefeitos participaram da reunião que explanou a implantação da gestão por uma Organização Social sem Fins Lucrativos (OS) no hospital e os benefícios aos usuários do Sistema Único de Saúde, além das garantias dos direitos dos servidores daquela casa. Com a implantação, o Estado espera triplicar os atendimentos, tanto ambulatorial, como cirúrgicos.
“Hoje, fazemos 77 cirurgias por mês e vamos passar a fazer mais de 350 cirurgias. Ampliaremos o número de exames e de atendimentos clínicos. Vamos multiplicar os resultados, os serviços prestados. Todos os direitos que os servidores têm serão garantidos. O atendimento no hospital continua 100% público”, garantiu o secretário da Saúde.
DSC_0389.JPG
O presidente da APPM, Arinaldo Leal, mostrou-se favorável ao novo modelo a ser adotado, pois defende que “a população, estimada em mais de 500 mil habitantes, não pode mais sofrer com a falta de um serviço resolutivo e de qualidade no Hospital Justino Luz, que está em Picos, mas é de todos que moram naquela região”.
DSC_0395.JPG
Metas que devem ser atingidas pela nova gestão, que, em seis meses, já deve mostrar resultados positivos. Atualmente, a taxa de cumprimento de metas chega a 39%. Em seis meses, pelas cláusulas contratuais, a meta é que alcance 90% de produtividade.
Apesar do alto custo mensal, de cerca de R$ 3,1 milhões, o quadro situacional do hospital apresenta uma série de deficiências que limita a oferta de um serviço resolutivo e de qualidade, elevando as reclamações e as transferências para Teresina.

Fonte: Hélder Rocha - APPM
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: