TRE julga improcedente ação contra prefeito Arinaldo Leal e seu vice

A justiça foi cumprida, agradeço a Deus e a todos que acreditam no meu trabalho'


Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE) decidiu, nesta terça-feira (10/02) rejeitar por seis votos a zero o pedido de cassação do prefeito e vice-prefeito de Vila Nova do Piauí, Arinaldo Leal (PSB) e Adão Frutuoso (PSB), respectivamente.
Eles eram acusados pelo então candidato derrotado Adjano Bento (PP), de abuso do poder econômico e de captação ilícita de sufrágio (compra de votos), durante as eleições municipais de 2012.
Após a sustentação oral do advogado de defesa, Norberto Campelo o próprio procurador regional eleitoral, entendeu que a razão era improcedente, no que foi acompanhado por todos os integrantes da corte.
Com o julgamento realizado pelo TRE, o socialista e o seu vice se mantêm a frente da Prefeitura de Vila Nova do Piauí.
Em nota a assessoria de comunicação, o prefeito Arinaldo Leal, comenta: “A justiça foi cumprida, agradeço a Deus e a todos que acreditam no meu trabalho, o bem sempre vence o mal”, finalizou.

Fonte: Com informações de ASCOM
180 Graus
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: