vlnet2
TV
RESFRIAR
radio vila nova fm
2019
vlnet1
Portal É Notícias
#ÁREAS DE RISCO

Rio Poti baixa 73 centímetros, mas áreas continuam sendo monitoradas no Piauí

o Rio Poti diminuiu 73 centímetros, mas as áreas de risco de alagamentos continuam sendo monitoradas.

07/04/2019 10h04Atualizado há 4 meses
Por: Da Redação
Fonte: 180 Graus

A Prefeitura de Teresina comunicou neste domingo (07/04) que o Rio Poti diminuiu 73 centímetros, mas as áreas de risco de alagamentos continuam sendo monitoradas.

"Temos boas razões para estar aliviados: o nível do rio Poti já baixou 73cm de ontem até o momento. Deve baixar mais no correr do dia. Seguimos monitorando áreas sujeitas a inundações e de risco", informou a PMT.

Por causa do volume da água do rio, segue interditada a alça de acesso à avenida Padre Humberto Pietrogrande pela ponte Wall Ferraz. Uma fissura na pista deve ser avaliada durante a interdição. As demais vias às margens do Poti estão com tráfego liberado e normal.

O acumulado de chuvas nas últimas 24 horas ajuda a entender a situação de emergência em que estão Teresina e outras 14 cidades ao norte da capital:

 

Famílias atendidas 
Cerca de 236 famílias, vítimas dos alagamentos por conta das últimas chuvas, já receberam o atendimento inicial da Prefeitura de Teresina. Ao todo, 771 pessoas foram atendidas. As famílias devem ser incluídas no programa Cidade Solidária para receber o aluguel solidário por parte do município.

As equipes, formadas pela equipe técnica de um dos 19 CRAS da capital, além de representantes das SDU’s e da Semduh, fazem visitas às famílias vítimas de alagamento. A Semcaspi está em regime de plantão para atender as famílias. “Estamos garantindo um atendimento digno para essas famílias que perderam suas residências. As equipes da Prefeitura de Teresina têm trabalhando incansavelmente para garantir o auxílio necessário às pessoas que precisam”, reforça Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

Cerca de 180 servidores da Semcaspi, SDU’s e Semduh estão envolvidos nos monitoramentos e de atendimentos das famílias. O trabalho segue neste domingo (7), visando a inclusão das vítimas no Cidade Solidária.

O programa atende famílias em situações emergenciais de desabrigamentos, em consequência das chuvas, infortúnios, incêndios, alagamento, transbordamento de rios ou lagoas ou ainda, situações de vulnerabilidades temporárias. O trabalho é executado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU's) e Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR).

180 Graus

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vila Nova do Piauí - PI
Atualizado às 04h41
21°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 20°
21°

Sensação

17 km/h

Vento

72.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
PatyStore
Blogs e colunas
Equipe R&R - Sua ideia é tudo!
Últimas notícias
Mais lidas