Sexta, 17 de agosto de 2018
89 99402-6942
Entretenimento

04/08/2018 ás 15h08

Redacao

Vila Nova do Piauí / PI

Leo confirma pausa na parceria musical com o irmão Victor
Os irmãos Victor e Leo decidiram fazer uma pausa na carreira musical. A informação, que foi divulgada em primeira mão pelo colunista Léo Dias, foi confirmada pelo próprio cantor Leo Chaves ao UOL durante a Bienal do Livro.
Leo confirma pausa na parceria musical com o irmão Victor
Foto: Reprodução/QUEM

Após 26 anos de carreira, Leo pretende se dedicar agora à sua própria marca como empresário, palestrante e autor, de acordo com o site. “Essa história da pausa, das férias prolongadas é apenas um capítulo da dupla Victor e Leo que está longe de terminar. É um livro que ainda está sendo escrito”, disse ele.


Ainda de acordo com o veículo, Leo explicou que a pausa não é necessariamente o fim da dupla. "Nós temos uma história muito intensa, que pouca gente conhece. É uma construção longa, de 26 anos de carreira. De muitas quedas e crises, de muito boteco e barzinho. De um legado ligado às pessoas e à sociedade. Fortes emoções, pe.oas que transformaram suas vidas com nossas músicas, nossos shows. Sempre levamos isso muito a sério. A gente precisa de um oxigênio para que a gente possa criar bem mais.”


A agenda de shows da dupla continua em vigor até o mês de setembro, quando os dois seguem carreiras solo. O último compromisso da dupla será em São Paulo, no dia 22 de setembro, no Credicard Hall, mas no próximo dia 10 eles lançam o DVD O Cantor no Sertão, projeto que resgata as raízes da dupla.


Nascidos em Abre Campo, Minas Gerais, Victor e Léo gravaram o prímeiro álbum em 2002.


POLÊMICA
Em 2017, a dupla passou por um momento complicado quando Victo Chaves foi indiciado por uma suposta agressão a sua então mulher, Poliana Bagatini, que na época esperava o segundo filho do cantor. O cantor, jurado desde a primeira edição do The Voice Kids, foi afastado do programa musical, assim como o seu irmão, após a polêmica da agressão.


ENTENDA O CASO
Poliana Bagatini registrou boletim de ocorrência contra Victor Chaves no dia 24 de fevereiro. De acordo com o B.O., o músico de 41 anos jogou a mulher grávida no chão e a agrediu com chutes algumas vezes no apartamento em que estavam em Belo Horizonte. Na época, ela se recusou a fazer o exame de corpo de delito no mesmo dia, mas realizou no dia seguinte. Na mesma data, a mãe de Vitor, Marisa Chaves, registrou boletim de ocorrência contra a nora.


Dois dias depois de ir à polícia pela primeira vez, no dia 26 de fevereiro, Poliana divulgou carta aberta defendendo o marido e negando que tenha sido agredida. Em 10 de abril, Victor virou réu em processo de investigação de agressão à esposa grávida pela Justiça de Minas Gerais.


"A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que relatou à Justiça o inquérito instaurado a partir da denúncia de agressão registrada por Poliana Chaves. Assim, diante das provas coletadas, a PCMG concluiu pelo indiciamento de Victor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688/41, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima. Não será concedida entrevista", afirma o comunicado oficial da Polícia Civil enviado à imprensa na época.

FONTE: Quem

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados :: Portal Vila Nova Noticias