TV
Portal É Notícias
radio vila nova fm
vlnet2
RESFRIAR
2019
vlnet1
#CICATRIZANTE

Pesquisa feita no Piauí descobre poder cicatrizante do pólen da abelha

As pesquisas dos cientistas que estão fazendo suas teses de doutoramento em Biotecnologia pela Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio), da qual faz parte a Universidade Federal do Piauí (Ufpi), estão fazendo descobertas que podem revolucionar a produção de medicamentos e cosméticos.

27/01/2020 12h58
Por: Da Redação
Fonte: Meio Norte

As pesquisas dos cientistas que estão fazendo suas teses de doutoramento em Biotecnologia pela Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio), da qual faz parte a Universidade Federal do Piauí (Ufpi), estão fazendo descobertas que podem revolucionar a produção de medicamentos e cosméticos.

A cientista Josyanne Araújo Neves, em sua pesquisa que serviu de base para sua tese “Caracterização e investigação da atividade gastroprotetora e cicatrizante do pólen de pote da abelha sem ferrão Melipona compressipes fasciculata Smith, 1854 (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae)”, apresentada para obter o título de doutora junto à Renorbio, descobriu que o pólen de pote da abelha sem ferrão, muito comum no Piauí, tem propriedades gastroprotetora e cicatrizante.

Josyanne Araújo Neves afirma que a úlcera gástrica é um dos principais distúrbios gastrointestinais e, devido aos fatores ulcerogênicos, como radicais livres, ainda constitui um grave problema de saúde.

Segundo ela, a úlcera gástrica é uma doença de difícil cura, uma vez que a maioria dos medicamentos aplicados na terapêutica está associada a efeitos colaterais e à má qualidade de cicatrização, causando a recidiva da úlcera.

Josyanne Araújo Neves falou que, nesse contexto, a busca por terapias com menores efeitos colaterais e por agentes capazes de conferir proteção auxiliar contra a úlcera gástrica continua, e estudos têm se voltado para produtos naturais de origem animal.

Josyanne Araújo Neves ensina que o pólen de pote de abelhas sem ferrão é um produto natural muito apreciado na cultura popular, como alimento e medicamento, e apresenta rica composição de nutrientes e bioativos, contudo é pouco investigado.

De acordo com a cientista, por possuir antioxidantes, principalmente fenólicos, pode ser especialmente útil frente a doenças em que radicais livres estão envolvidos.

Por isso, Josyanne Araújo Neves realizou sua pesquisa com o objetivo de fazer a caracterização, por meio de análise palinológica, antioxidante e fenólica, do pólen de pote da abelha sem ferrão, bem como investigar sua atividade gastroprotetora e cicatrizante.

Índice de cicatrização chegou a 97%

As pesquisas foram feitas com ratos. Foram coletadas, diretamente em colmeias, amostras de pólen de pote em duas estações: uma estação chuvosa e uma estação seca.

Josyanne Araújo Neves informou que a caracterização palinológica, que vem da parte da botânica que estuda os grãos de pólen, esporos e outras estruturas com parede orgânica ácido-resistente, conjuntamente chamados palinomorfos, revelou origem botânica variada, com predomínio de tipos polínicos de espécies da família Fabaceae, uma das maiores famílias botânicas, conhecida anteriormente como Leguminosae, com uma larga distribuição geográfica. É subdividida em três subfamílias.

Meio Norte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vila Nova do Piauí - PI
Atualizado às 20h49
29°
Pancada de chuva Máxima: 35° - Mínima: 23°
33°

Sensação

5.6 km/h

Vento

75.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
PatyStore
Blogs e colunas
Equipe R&R - Sua ideia é tudo!
Últimas notícias
Mais lidas