SIMÕES | Loja Maçônica comemora 30 anos com inauguração de obelisco e sessão solene; veja fotos

SIMÕES | Loja Maçônica comemora 30 anos com inauguração de obelisco e sessão solene; veja fotos

Fundada em 30 de outubro de 1987, na cidade de Simões, a Loja Maçônica Luz, Amor e União, número 2486, do Grande Oriente do Brasil, completou 30 anos nesta segunda-feira.
A importante data foi comemorada com a realização de um grande evento comemorativo, marcado por agradecimentos e homenagens aos maçons que fizeram e fazem parte da história da Loja, e a personalidades não maçônicas que desempenham papel relevante na sociedade.
A programação teve início em praça pública, onde a Loja inaugurou um obelisco, simbolizando as três décadas de presença da instituição maçônica na cidade de Simões, sempre prezando pela fraternidade, liberdade e igualdade, o bem comum e o aperfeiçoamento de seus membros.
Em seu pronunciamento na cerimônia inaugural, o venerável mestre da Loja, Cleivan Jorge Coutinho Bento, afirmou que o obelisco serve não apenas para lembrar que a Maçonaria está presente na cidade de Simões, mas, para reafirmar que todos podem contar com a instituição sempre que for necessário, e que seus membros estarão apostos para lutar e combater o mau e o que vai contra os bons costumes.
Na oportunidade, o venerável mestre falou sobre o papel da Maçonaria universal, em lutar por melhorias e em defesa das minorias. “O maçom prega a tolerância, pratica a caridade sem distinção de raças, crenças, opiniões, e luta contra a hipocrisia e fanatismo. Ser maçom é querer harmonia das famílias, a concórdia dos povos e a paz do gênero humano”, disse Cleivan.
O segundo momento da programação foi realizado na sede da Maçonaria em Simões, onde foi realizado o descerramento da placa comemorativa. Em seguida, no salão de festas da Loja, foi realizada a sessão solene de comemoração aos 30 anos da Loja em Simões.
O evento contou com as presenças de várias autoridades maçônicas e civis, dentre estes, o grão-mestre estadual do GOB-Piauí, José Antônio Dias, o prefeito de Simões, José Ulisses, a vice-prefeita Claudeir Feitosa, e veneráveis mestres de Lojas de várias cidades da região.
Na sessão, vários maçons e membros de entidades paramaçônicas foram homenageados com a placa simbólica, dentre estes, o senhor Cícero Pereira, um dos primeiros maçons de Simões e dos fundadores da Loja, que apesar da idade, 92 anos, é maçom atuante e assíduo. Também foram homenageados todos os maçons que já presidiram os trabalhos e dirigiram a loja ao longo desses 30 anos, e assim, contribuíram para a construção da história e para o progresso da maçonaria simonense e seus membros.
Outras personalidades não maçônicas que desempenham papel importante e fundamental e assim contribuem para o crescimento e o progresso da cidade também foram homenageadas, como o prefeito José Ulisses, as professoras Terezinha Carvalho e Fátima Macedo, a auxiliar de enfermagem Maria Apolônia (Ceiça Bento).
“É uma honra e satisfação ser homenageado por uma instituição de grande respeito como a maçonaria, que tem atuação significativa na sociedade. E aqui em Simões não poderia ser diferente, à frente desta instituição sempre tivemos homens de valor, que atuaram diretamente para o melhoramento de nossa sociedade, seja na formação dos jovens ou nas suas ações filantrópicas”, disse o homenageado Zé Ulisses, que salientou sua relação de proximidade com a maçonaria. “Os objetivos dos senhores coincidem com os meus. As causas sociais também são uma preocupação da nossa gestão”, pontuou.
Ainda na sessão, o grão-mestre José Antônio Dias, a maior autoridade maçônica do Estado do Piauí, coordenou a entrega de comenda a alguns maçons, cujo critério é o tempo de atuação maçônica sem interrupção. “É um gesto de reconhecimento a esses homens que superaram as dificuldades e fundaram essa Loja e aos que vem mantendo esse trabalho de sustentação da nossa instituição. Nós não estamos dando privilégios, mas reconhecendo o mérito”, disse.
As Comendas entregues foram Benemérito, para os maçons com mais de 10 anos de atividade ininterrupta, de Grande Benemérito, para quem tem acima de 15 anos, de Fraternidade Maçônica, para os membros com mais de 20 anos de atuação contínua, e a condecoração de Acácia, para quem tem acima de 25 anos.  Na ocasião, Cícero Pereira voltou a ser homenageado, recebendo o certificado de Membro Honorário, por ter mais de 30 anos de atuação.
O grão-mestre parabenizou a à Loja Maçônica Luz, Amor e União pelos seus 30 anos de fundação e dirigiu elogios. “É uma das grandes estrelas do Grande Oriente do Brasil Piauí. É uma loja harmônica, predisposta ao trabalho e proativa. Verifique que essa loja ela detém não só a atividade Maçônica, mas as atividades paramaçônicas, o que fortalece o elo mais importante para maçonaria, que a família, onde nós trazemos as nossas cunhadas, os nossos sobrinhos para o nosso seio, para apoiarmos, orientarmos e transformá-los em bons cidadãos”, disse.
Mais fotos:

FONTE: CIDADES NA NET
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: