Em Picos, Lula lembra desafios do país e brinca com calor da cidade

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva finalizou na manhã deste sábado (2) a passagem da Caravana Lula Pelo Brasil na cidade de Picos. Em um ato público no bairro Pantanal, o presidente de honra do PT ouviu lideranças políticas, movimentos populares, juventude e ainda recebeu das mãos de vereadores do município o Título de Cidadão Picoense.
Lula chegou à cidade de Picos ainda na tarde de ontem (1º), mas em razão da extensa agenda dos últimos dias a assessoria cancelou a agenda de sexta-feira e transferiu todas as atividades para este sábado, permitindo ao ex-presidente um momento de descanso. Na noite de ontem, a ausência de Lula também foi sentida em um jantar interno entre correligionários do Partido dos Trabalhadores. Segundo assessores, o ex-presidente estaria em repouso seguindo recomendações médicas.
Já na manhã de hoje, a chegada da caravana ao local do evento ocorreu sem tumultos. O público aguardava o ex-presidente em frente à Central de Cooperativas Apícolas do Semiárido Brasileiro – CASA APIS.
Foto: Thiago Delmondes
O desconforto inicial ficou por conta da imprensa, que foi impedida de acompanhar a visita do ex-presidente à cooperativa. Os profissionais que estavam no espaço reservado aos convidados credenciados foram convidados a se retirar pela organização da caravana e impedidos de ter acesso ao grupo que acompanhava o ex-presidente.
No palco, a solenidade só começou após as 11h com a entrega do Título de Cidadão Picoense seguida do descerramento da placa comemorativa à visita de Lula. Na sequência, o político foi homenageado pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e cooperativas da região.
Foto: Thiago Delmondes
Os discursos no palco, antes da fala de Lula, foram acalourados. Padre Walmir Lima, prefeito de Picos, usou inúmeras referências bíblicas para fazer uma analogia entre a trajetória do ex-presidente e a figura de Cristo. Empolgado, o gestor ainda puxou um “Pai Nosso” entre o público antes de encerrar sua fala.
O governador Wellington Dias foi objetivo e usou poucos minutos para censurar a atuação do governo do presidente Michel Temer, criticando duramente a proposta de privatização de estatais, como a Eletrobrás. “Estão vendendo a casa para pagar o jantar”, ironizou.
Foto: Thiago Delmondes
Lula para o povo
Para encerrar o ato, Lula assumiu o microfone e desfilou carisma entre o público. Aplaudido, ouviu cantos e interagiu com a plateia antes de citar as dificuldades que enfrentou em seu primeiro mandato e que motivaram a criação de programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida. A transposição do Rio São Francisco também foi lembrada como desafio iniciado em seu governo e concluído apenas no ano passado.
Lula falou por poucos minutos, mas brincou com o clima típico do semiárido picoense. “Não sei como vocês aguentam esse sol no ‘cocoruto’ o tempo todo”, riu.
Para finalizar, Lula destacou as melhorias que a economia precisa para que o país volte a crescer e afirmou que é preciso dar vez aos pequenos empreendedores para movimentar o cenário econômico nacional.
Foto: Thiago Delmondes
Foto: Thiago Delmondes
Foto: Thiago Delmondes
Foto: Thiago Delmondes
Foto: Thiago Delmondes

FONTE: PORTAL GRANDE PICOS
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: