Coordenadores dos polos da UAPI participam de capacitação

Os coordenadores dos 60 polos onde vão funcionar a Universidade Aberta do Piauí (UAPI) foram recebidos nesta sexta-feira, dia 22, pelas equipes técnicas do Núcleo de Educação a Distância da Universidade Estadual do Piauí (NEAD/UESPI) e da secretaria estadual de Educação (SEDUC) no auditório da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) para receber orientações sobre o funcionamento do programa.
Durante a reunião os coordenadores receberam orientações sobre os procedimentos para a realização das matrículas curriculares, que consistirá na entrega de documentos nos polos para os quais o candidato fora aprovado. No primeiro vestibular realizado em agosto, 2.400 pessoas foram aprovadas para o curso de bacharelado em Administração. Além destas, mais 500 estão classificadas e deverão ser convocadas em etapa posterior.


Coordenadores dos 60 polos da UAPI estiveram presentes no evento.

A pro-reitora de Ensino e Graduação da UESPI, Ailma do Nascimento Silva, falou aos coordenadores sobre o papel da instituição no programa. A professora explicou que a UESPI tem um compromisso pedagógico com a UAPI e que os coordenadores de polo tem a responsabilidade de fazer cumprir as normas do edital em relação ao processo de matrícula. “A gente tem orgulho de dizer que a UESPI com sua força vem cumprindo a missão de formar bons profissionais em suas áreas. Vem cumprindo eticamente com compromisso e responsabilidade social a sua missão”, enfatizou Ailma.
O diretor-geral do NEAD, Arnaldo Brito, ressaltou, durante a recepção aos coordenadores, a importância deles para o êxito da UAPI. “Quem está na ponta é quem vai receber os alunos, é quem vai fazer funcionar”. O diretor falou ainda sobre a importância de se fazer um bom trabalho que motive os alunos a permanecerem no curso e evitar a evasão. “É muito importante a presença física do coordenador no polo para atender o aluno”, explicou Arnaldo.
No âmbito do programa UAPI, a UESPI é responsável pela gestão pedagógica, a Fundação de Amparo a Pesquisa (FAPEPI) pela gestão e pagamento das bolsas, a coordenadoria de Educação por Meio de Mediação Tecnológica pela implementação de novos polos e novos cursos e a SEDUC é a instituição responsável pela estrutura e manutenção dos atuais 60 polos.


Representantes das instituições que fazem parte da UAPI deram orientações aos coordenadores.
Representantes das instituições que fazem parte da UAPI.


Segundo o superintendente de Educação Superior do órgão, Ellen Gera de Brito Moura, metade dos polos iniciarão as aulas já com a estrutura completa e que os demais polos serão estruturados com equipamentos nos meses de novembro e dezembro. Ele ressaltou ainda o emprenho do governo do Estado em promover a universalização do ensino superior. “Todos os municípios do Piauí serão cidades universitárias. É a educação superior em todo o estado focando o desenvolvimento”, disse Ellen.
Um destes municípios contemplados com o ensino superior através da UAPI é a cidade de Cabeceiras, localizada na região Norte do Piauí, com média de 10 mil habitantes. A coordenadora do Polo UAPI do município, professora Solange Pereira, conta sobre o significado desta ação para a população local. “Para uma cidade pequena como a nossa, hoje estar recebendo o primeiro curso superior público, o curso de Administração, com certeza vem a beneficiar os nossos jovens que concluem o ensino médio em nossa cidade e as vezes não tem oportunidade para ir para os grandes centros”, destacou Solange.



Capacitação aconteceu no auditório da ATI.
A capacitação aconteceu no auditório da ATI.


Participaram da reunião ainda a diretora adjunta do NEAD/UESPI, Laura Torres, a coordenadora do curso de Administração da UAPI, Katia Brasil, a coordenadora de tutoria da UAPI, Conceição Mendes, a técnica do Divisão de Matrículas Acadêmicas da UESPI, Francisca Ealdina da Silva; a assessora da Coordenadoria de Educação por Meio de Mediação Tecnológica, professora Ivana; a gerente do Canal Educação, Maria de Lourdes Lopes, o gerente Pedagógico da Superintendência de Educação Superior da Seduc, Flaviano Marques Moura e o gerente de Redes da Superintendência de Educação Superior da Seduc, Oriosvaldo Rodrigues de Castro.
Para os candidatos aprovados, as matrículas curriculares serão realizadas no período de 26 a 29 de setembro nas sedes dos polos da UAPI. As aulas iniciarão no dia 14 de outubro e, conforme o modelo de ensino híbrido da UAPI com metodologias de ensino a distância e presenciais, os alunos terão orientações e estudos em ambiente virtual de aprendizagem e também aulas presenciais nos polos que ocorrerão sempre aos sábados a cada 15 dias.

Fonte:
Por Daiane Rufino|Nead
Fotos: Ascom/SEDUC
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: