Notícias do trecho: Petrobras vai construir refinaria no Ceará em parceria com chinesa; obra vai gerar milhares de empregos!


A Petrobras deve retomar os projetos para a construção de refinaria de combustíveis fósseis no Ceará. Quem fez o convite foi o atual governador do estado Camilo Santana, já que a estatal detém estudos prévios da região. A instalação desse projeto e denominada de Premium II, concepcionada exclusivamente para o Complexo Industrial e Portuário do Pacém( CIPP), ao qual foi declinada em 2015 por razões de crise. Toda a documentação, sobre tudo as emissões de licenciamento do projeto que já estão posse da Petrobras, irão adiantar o processo em pelo menos 2 anos a construção do complexo, em consequência de muita conversa entre os órgãos estaduais e a corporação da China Guangdong Zherong Energy.

Segundo o governador, eles estão trabalhando duro a mais de 2 anos com os chineses por essa refinaria. Ele mesmo em pessoa foi até a Petrobras para pedir que o Pedro Parente liberasse os estudos técnicos para que a chinesa retomasse a obra na região. Camilo propôs que em troca dessa liberação, a Petrobras poderia entrar como sócia, e não foi que ela aceitou mesmo estudar a proposta de parceria! Negócio fechado e todos assinaram o termo de cooperação técnica. Esse processo envolveu o Banco do Brasil e a FIEC( Federação das Indústrias do Estado do Ceará).

Camilo disse nesse mesmo evento de assinatura dos termos, que o executivo recebeu a proposta de bom grado e que o mesmo se mostrou a disposição para marcar uma agenda entre o corpo técnico da Petrobras e os executivos da Guangdong Zherong Energy o quanto antes. Cesar Ribeiro, que é o responsável pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) da BR, disse que as negociações se mostraram bem promissoras.

Como o Objetivo da Petrobras nesse momento é a produção de petróleo, desfazer-se de ativos economicamente não viáveis e participar o menos possível de atividades em andamento, esse projeto seria o ideal para esse fim. A refinaria estará dentro da Zona de Processamento de Exportação, o que aumenta muito o potencial de exportação do empreendimento.


Fonte:Click Petróleo e Gás/ Portal é Notícias
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: