Arquivo PVNN

Menu

Piauí ganhará 1ª Fazenda da Esperança Feminina

PIAUÍ - Será construída na região de Picos a 1ª Fazenda da Esperança Feminina do Piauí. A comunidade terapêutica terá sede na cidade de Simões e contará com o apoio da Diocese de Picos, da paroquia de São Simão, do poder público municipal e da população de toda a região.

Reunião do Grupo Esperança Viva em Simões (Foto: Reprodução)
De acordo com o coordenador regional do Grupo Esperança Viva, Rômulo Braga, a fazenda feminina é um anseio da diocese e da comunidade católica.

“Enviamos as nossas jovens para fazendas distantes localizadas em outros Estados, uma vez que não temos fazendas no Piauí. Fica um pouco difícil, a mulher é mais sensível e precisa de um cuidados mais especial, assim a Fazenda da Esperança Feminina nasceu na cidade de Simões a partir do desejo do pároco Miguel e dos participantes do Grupo Esperança Viva do município”, explicou o coordenador.


O terreno onde será construído a Fazenda da Esperança Nossa Senhora da Soledade, que possui cerca de oito hectares, foi uma doação de um médico da cidade e fica localizado a cinco quilômetros da cidade.

“Após a doação já foram feitas três peregrinações até a cidade, onde visitamos o local. A comunidade já foi aprovada pela Fazenda da Esperança e em janeiro iremos começar a mobilização para a construção da primeira casa”, disse Rômulo.


No próximo mês haverá uma reunião local para formar a diretoria e dar início a campanha oficial da construção. O Grupo Esperança Viva já realiza a venda de agendas para ajudar na edificação do imóvel.

Doadores que queiram ajudar com a disponibilização de matérias de construção ou de alguma outra forma poderá procurar o Grupo Esperança Viva, que fica localizado na Rua São Sebastião, Centro de Picos. As doações serão colocadas em nome da paróquia de São Simão, em Simões.

Rômulo acredita que em meados de julho o local já possa ser inaugurado, acolhendo as primeiras jovens dependentes que queiram ajuda.

Fonte: Picos40Graus
Nas redes
Banner

Post A Comment:

0 comments: