Piauí registra 153 casos suspeitos de H1N1 e 20 mortes somente em 2016

Do total de casos,126 aguardam resultados laboratoriais para se encerrar.
Demora no recebimento dos resultados deve-se à demanda elevada.
        Sobe para 20 o número de mortes por H1N1 no Piauí (Foto: Romero Mendonça)

De janeiro e julho de 2016, o Piauí registrou 153 casos suspeitos de Influenza A (H1N1), com todas as amostras coletadas para realização de exames laboratoriais. Deste total, 20 evoluíram para óbito, o que equivale a 13,1%.
Dos casos suspeitos notificados dois tiveram resultados confirmados por Influenza A (H1N1), 15 por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) não especificada, um caso foi isolado para Adenovírus e 126 aguardam resultados laboratoriais para sua conclusão.

Para o tratamento da Influenza, foram disponibilizados 7.500 doses de antiviral Oseltamivir, de nome comercial Tamiflu. Havendo suspeita de Influenza H1N1, o paciente é submetido à medicação e ainda é recolhido amostra para exame laboratorial.

As amostras coletadas desses pacientes estão sendo processadas no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, que é o serviço de referência para este agravo. A demora no recebimento dos resultados deve-se a demanda elevada do número de casos.

Medidas preventivas

Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, evitar compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Fonte: G1 Piauí
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: