Piauí tem 75 casos confirmados de microcefalia, diz Ministério da Saúde

06 maio
Com o resultado, Piauí tem o 3º menor número de casos do Nordeste. Em todo o Brasil foram confirmados 1.271 casos de microcefalia.

Exame de imagem revela danos cerebrais de bebês com microcefalia (Foto: BMJ 2015/ http://www.bmj.com/cgi/doi/10.1136/bmj.i1901 )

Segundo dados do Ministério da Saúde, divulgados nesta quarta-feira (4), o Piauí tem 75 casos confirmados de microcefalia, levando em conta todo o ano de 2015 até o dia 30 de abril deste ano. NO total foram notificados 160 casos, descartados 62 e 23 permanecem sob investigação. Com o resultado, o Piauí tem o terceiro menor número do Nordeste.O estado com maior número de casos confirmados ainda é Pernambuco, com 339 casos, seguido da Bahia, com 232, Paraíba, com 115, e Maranhão, também, com 115.

Em todo o Brasil foram confirmados 1.271 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita, em todo o país. No total, foram notificados 7.343 casos suspeitos desde o início das investigações, em outubro de 2015, sendo que 2.492 foram descartados. Outros 3.580 estão em fase de investigação.

Os casos confirmados ocorreram em 470 municípios, localizados em 25 unidades da federação. A microcefalia foi confirmada nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, além de São Paulo que registrou oito casos da doença ao Ministério da Saúde, sendo um com confirmação laboratorial para Zika.

Dos casos confirmados, 203 tiveram confirmação laboratorial para o vírus Zika. No entanto, o Ministério da Saúde ressalta que esse dado não representa, adequadamente, a totalidade do número de casos relacionados ao vírus. Ou seja, a pasta considera que houve infecção pelo Zika na maior parte das mães que tiveram bebês com diagnóstico final de microcefalia.


Fonte: G1

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: