ASSEMBLEIA GERAL DO SINDIFPI APROVA SAÍDA UNIFICADA DA GREVE NACIONAL E RETORNO ÀS AULAS EM 20 DE OUTUBRO


A Assembleia Geral Permanente do SINDIFPI, realizada nesta quarta-feira, 7 de outubro, teve como principal ponto de pauta a avaliação da greve a partir dos encaminhamentos do Comunicado nº 44 do CNG/ANDES-SN, que recomendou a saída unificada da greve no período de 13 a 16 de outubro.


Após diversas intervenções que avaliaram o desenvolvimento da greve, a correlação de forças e a conjuntura política, foi encaminhada a votação, e por ampla maioria aprovada a saída da greve no dia 16 de outubro, com retorno às aulas no dia 20 de outubro.





Em seguida, foi discutida a posição da assembleia quanto à assinatura do acordo salarial com o governo. As intervenções pontuaram, por um lado, a necessidade de se garantir uma reposição mínima das perdas salariais, encaminhando a proposta de assinatura do acordo; outras intervenções, porém, apontaram a contradição na assinatura de um acordo que, em linhas gerais, havia sido rejeitado pela categoria anteriormente e pelo engessamento que o mesmo poderia causar às lutas da categoria. Após as defesas, foi encaminhada a votação, em que 31 docentes se manifestaram contra a assinatura do acordo, 29 a favor da assinatura, e registradas 3 abstenções.



A Assembleia foi finalizada com a recomendação para que os Comandos Locais de Greve se integrem às comissões que reformularão os calendários acadêmicos dos campi, para que seja garantido o cumprimento dos 200 dias letivos e dos dias de férias aos quais os docentes têm direito, já que não foram gozados oficialmente em virtude do movimento paredista.
O Comando Estadual de Greve continua acompanhando os movimentos dos campi e dará continuidade à negociação da pauta local, agendada para o início do mês de novembro.

HÁ BRAÇOS NA LUTA!!

Fonte: SINDIFPI - SEÇÃO SINDICAL DOS/AS DOCENTES DO IFPI - ANDES-SN
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: