Cinco anos depois, mesmo com filmagem, morte de contador ainda é mistério no Sertão do PI

Cláudio Sousa Silva foi encontrado estrangulado e amordaçado. Vídeo de farmácia mostra ele com assassino, mas ninguém sabe quem matou o contador Passados cinco anos a Polícia Civil do Piauí ainda não desvendou quem matou o contador Cláudio Sousa Silva, 50 anos. 

Ele foi assassinado na cidade de Picos (a 311 quilômetros de Teresina, capital do Sertão piauiense) em agosto de 2010. O que mais intriga familiares e amigos do contador é que o suposto assassino foi filmado em companhia da vítima e sua imagem é nítida. Mas até hoje não há pistas do paradeiro dele. 

Cláudio Sousa Silva era um dos contadores mais conhecidos de Picos. Trabalhava para várias empresas e era uma pessoa pacata. Morava sozinho em um apartamento da rua Santo Antônio, Centro da cidade. Claudinho, como era mais conhecido, foi encontrado morto no meio da noite do dia 02 de agosto de 2010, em um dos quartos de seu apartamento. Estava amordaçado e tinha pernas e braços amarrados. Havia outros sinais de violência e o lugar estava revirado. Ele foi morto por estrangulamento. 

O corpo foi achado horas depois do crime após vizinhos notarem que Claudinho não tinha saído de casa. Chamaram parentes que foram até o apartamento e encontraram a cena do crime. Mesmo com perícia e o caso sendo acompanhado por vários delegados da Polícia Civil até hoje não há sequer pistas do assassino do contador. Foram feitas várias campanhas de conscientização e cobrança, mas não há nenhum suspeito apontado. 

MESMO COM VÍDEO: NINGUÉM SABE QUEM É O ASSASSINO O que mais intriga amigos e parentes de Claudinho é que até hoje ninguém sabe quem é a pessoa que foi vista com ele pela última vez. Era um rapaz moreno, de aproximadamente 1,65m, que estava de boné e camisa listrada. Um VÍDEO, do circuito interno de uma farmácia (nas proximidades da casa da vítima) mostra exatamente os dois conversando e até trocando piadas. Mas nenhuma investigação apontou quem é a pessoa e sequer seu paradeiro. 

Acredita-se quem matou Claudinho não seja de Picos. E mesmo o caso já tendo sido reaberto várias vezes sequer foi reconhecido ou apontado nome de algum possível suspeito. Familiares e amigos pedem para que a população, hoje com a expansão das redes sociais, que espalhem o vídeo para o possível reconhecimento do assassino e que avisem a Polícia Civil, ou a Polícia Militar (número 190) sobre qualquer identidade desse suspeito. 

Vídeo que mostra o assassino (de camisa listrada) e a vítima. Família pede que imagens sejam divulgadas nasredessociais:

  
Fonte: O Olho
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: