Assembleia aprova aumento do piso dos professores proposto pelo Governo

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou em plenário, nesta terça-feira (3), por unanimidade, o projeto do Governo do Estado que aumenta o piso salarial dos professores para R$ 2.221,75, para professor 40 horas em início de carreira – acima, portanto, do piso nacional, que é de R$ 1.917,78. Já o professor 40 horas em final de carreira passa a receber R$ 4.975,92.
A matéria foi votada em sessão conjunta das comissões de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e segue agora para sanção do governador Wellington Dias. O reajuste, que contempla todos os níveis de profissionais do magistério da Educação Básica, incide também sobre os vencimentos dos professores aposentados e pensionistas.
De acordo com o líder do Governo no Parlamento, deputado Fábio Novo (PT), o impacto mensal do reajuste será de R$ 10 milhões. Segundo o parlamentar, o Estado também vai pagar os professores em caráter retroativo, referente aos meses de janeiro e fevereiro deste ano, e, para tanto, já tem assegurados R$ 20 milhões.
“Conversei com os secretários estaduais de Administração e de Fazenda e eles garantiram que o novo piso, tão logo seja sancionado pelo governador, será pago após a conclusão da folha, no dia 13 de março”, observa Fábio Novo.
Ainda segundo o deputado, o Estado já elaborou uma folha de pagamento suplementar para efetuar o pagamento do retroativo. “A matéria foi aprovada com agilidade e de forma republicana, reconhecendo a importância dessa categoria para o nosso Estado. Sem dúvida, o Governo vai trabalhar para trazer ainda mais melhorias salariais para os professores”, finaliza Novo.

Fonte: Site Dep. Estadual Fábio Novo


CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: