Sete Linhas áreas analisa operar voos em Picos

A Sete Linhas áreas vai operar no transporte de passageiros entre Teresina e Parnaíba a partir de junho. O governador Wellington Dias (PT) se reuniu na tarde de ontem (05) com o diretor comercial da empresa, Décio Marlon, para discutir sobre o assunto. Na ocasião, o governador apresentou a possibilidade de viabilizar a operação da empresa também no sul do estado, nas cidades de Picos, Floriano e São Raimundo Nonato.

A Sete Linhas Aéreas já atua na região Norte e Nordeste e vai inserir Parnaíba no trecho Belém – São Luís – Parnaíba – Teresina e Imperatriz. Os aviões serão diários e com capacidade para 30 passageiros. “Embora em aviões pequenos, nossa intenção é promover a viabilidade do trafego aéreo entre as cidades do Estado, principalmente nas rotas de Parnaíba e São Raimundo Nonato”, pontuou o governador.

Empresa analisa operar voos para a cidade de Picos - Foto: Reprodução

Wellington Dias acrescentou ainda que aguarda a homologação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para o aeroporto de São Raimundo até o mês de março. “Recebemos o relatório da Anac e até março vamos garantir as obras nos pontos recomendados”, prometeu o governador.

A Sete Linhas Aéreas vai atuar contando com as condições tributarias que o Estado já oferece. “Oferecemos uma alíquota de 3% no combustível, que é a menor do Brasil e o objetivo é ampliar as parcerias no mercado”, finalizou o governador. Já o diretor da empresa, Décio Marlon, garantiu o interesse da empresa em ampliar a atuação para o sul do Estado.

A Sete
A empresa já atua em Goiás, no Distrito Federal, no Tocantins, Mato Grosso, Pará e no Amapá, sendo a principal companhia aérea regional das regiões central e centro-norte do Brasil.

Fonte: Jornal O Dia
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: