Jato com Eduardo Campos cai no litoral paulista, diz assessoria

Assessoria de imprensa do candidato à presidência pelo PSB no Rio Grande do Sul confirmou que o político estava na aeronave

13/08/2014 | 11h35


Um jato particular caiu em Santos, no litoral de São Paulo, e atingiu casas por volta das 10h desta quarta-feira. A aeronave pertencia ao canditato à presidência da República pelo PSB Eduardo Campos, segundo a assessoria de imprensa de campanha no Rio Grande do Sul. Segundo a Globo News, o político estava na aeronave e morreu no acidente. Também foi confirmada a presença da mulher e do filho do candidato no jato.

Segundo a assessoria, membros da campanha se dividiram nesta quarta-feira em duas aeronaves: parte viajou ao Recife e o restante a Santos — e Eduardo Campos estava no jato em direção à cidade paulista. O presidenciável estaria se deslocando para um evento no Guarujá.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave é um Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, que decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica informou que já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente. Viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, da Polícia Militar e dos bombeiros estão no local. O assessor de imprensa Guilherme Zeinum contou ao portal G1 que estava trabalhando em casa quando ouvir um forte barulho.

– Ouvi um barulho forte, seguido de uma explosão. Fui até a janela e só avistei uma fumaça preta vinda da direção do Canal 3 – disse a Globo News.

Fonte: Portal Zero Hora
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: