Padre Marcos completa 50 anos de emancipação; conheça a história do município

Imagem:

O município de Padre Marcos completa nesta sexta-feira, 17, seus 50 anos de emancipação político administrativa. A data foi comemorada de forma especial pela população do município. Uma vasta programação foi promovida pela Prefeitura Municipal envolvendo toda a comunidade. Foram três dias de atividades cívicas, religiosas, esportivas, culturais e festivas.

Veja toda a cobertura fotográfica do evento:
 Shows com Lamark, Desejo de Menina e Kinho Calou - Álbum I - Ámbum II

Em alusão à data, o conceituado jornalista Antônio Lisboa da Silva publicou um artigo intitulado “Padre Marcos, sua história, sua gente”, que relata parte do meio século de história do município. Veja abaixo:
PADRE MARCOS: Sua história, sua gente

O município de Padre Marcos teve sua origem na Fazenda Boa Esperança, de propriedade do Padre Marcos de Araújo Costa, que a herdou do seu pai, o português Marcos Francisco de Araújo Costa. Após concluir os estudos eclesiásticos em Lisboa, Padre Marcos fixou residência, definitivamente, por volta de 1820, na Fazenda Boa Esperança e continuou com a obra educacional do seu pai. A escola de instrução de jovens, onde nenhum estudante pagava pelos estudos. E que, pela sua importância e seriedade, proviam estudantes de todo o Piauí e estados vizinhos.
A localidade Boa Esperança pertencente ao município de Jaicós foi elevada a categoria de povoado em 1914.  No mesmo ano, com a colaboração dos moradores foi erguida uma capela, hoje Igreja Matriz de Santo Antônio.
Com o rápido desenvolvimento do Povoado Boa Esperança, levou os seus líderes políticos a pensarem em emancipação política, o qual estava ligado por força de lei desde as suas origens ao município de Jaicós.
A Emancipação Política Administrativa de Padre Marcos foi alcançada através da lei 2.566 de 02 de janeiro de 1964, sendo o município instalado oficialmente em 17 de janeiro do mesmo ano. Nesse dia foi empossado o primeiro prefeito, o comerciante Anísio Bento de Carvalho (in memorian), que foi nomeado pelo governador do Estado na época, Petrônio Portela Nunes de acordo com o artigo 17 da lei Nº 547, de 31 de janeiro de 1952 e ad-referendum da Assembleia Legislativa do Estado. O Sr. Anísio Bento de Carvalho governou os destinos do novo município por 01 ano; sendo que no final do ano de 1964 aconteceu a primeira eleição municipal.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS - PODER EXECUTIVO

    A primeira eleição municipal aconteceu no final do ano de 1964 com candidatura única do farmacista José de Moura Leal, “O Zezito Moura”,(in memorian) a prefeito e o comerciante Vicente Oliveira Lobo, (in memorian)  a vice, que governaram o município no período de 1965 a 1966.
    A segunda eleição aconteceu no ano de 1966 com as candidaturas do então vice-prefeito Vicente Oliveira Lobo a prefeito e o ex-prefeito nomeado Anísio Bento de Carvalho (in memorian) a vice e de Isaque Antão de Carvalho a prefeito e Teotônio José Ribeiro (in memorian) a vice, tendo seu Oliveira e seu vice Anísio Bento vencido a eleição para o mandato  de 1967 a 1970.
    A terceira eleição aconteceu em 1970, sendo disputada por dois candidatos, o então vereador Vito Antonio de Macedo a prefeito e Osmar Dias de Alencar (Mazim de Guida) (in memorian)  a vice e o ex-prefeito José de Moura Leal a prefeito e João Luiz de Melo “O João Guabiraba” a vice. Vitinho venceu o pleito para o biênio de 1971 a 1972.
    A quarta eleição aconteceu no final de 1972, com a candidatura única do ex-vereador José Jubelino de Macedo “Dr. Luiz” (in memorian)   a prefeito e do então vereador José Bento Sobrinho a vice, que governaram o município de 1973 a 1976, haja visto que os votos em branco superaram os válidos em 24, porém, o juiz da época Dr. João Menezes os considerou inválidos tendo dito que voto em branco não ganhava eleição.
    A quinta eleição municipal aconteceu em 1976, com dois candidatos a prefeito, Dr. Francisco Luiz de Macedo (in memorian)  e o seu vice o ex-prefeito José de Moura Leal e o ex-prefeito Vito Antonio de Macedo a prefeito e o fazendário Israel Antão de Alencar “O Helinho da Canabrava” a vice. Vitinho e Helinho venceram a eleição e governaram o município por 6 anos de (1977 a 1982)
    A sexta eleição aconteceu em novembro de 1982, também com dois candidatos a prefeito, Dr. Francisco Luiz de Macedo tendo como vice Afonso Moura Macedo e o ex-prefeito Vicente Oliveira Lobo tendo como vice O ex-prefeito José Jubelino de Macedo “Dr. Luiz”. Dr. Francisco e Afonso venceram a eleição e geriram o município por 6 anos, isto é, de 1983 a 1988.
    A sétima eleição municipal aconteceu em novembro de 1988, concorreram a esse pleito dois candidatos a prefeito, Afonso Moura Macedo e o seu vice Dr. Antonio Moura Araujo e o ex-prefeito Vito Antonio de Macedo tendo como candidata a vice Dona Maurícia de Macedo Lobo. Afonso e Dr. Antonio venceram a eleição para o quadriênio de 1989 a 1992.
    A Oitava eleição aconteceu em outubro de 1992, nessa eleição concorreram a Dra. Maria Neide de Macedo Soares e o seu vice, o ex-vice-prefeito Osmar Dias de Alencar, que enfrentaram as candidaturas de Dr. Vilmar Moura Leal a prefeito e Luiz José de Macedo “Luizim de Dr. Luiz” a vice. A Dra. Neide e Mazim venceram a eleição com 1301 votos de maioria para o quadriênio de 1993 a 1996.
    A Nona eleição foi realizada em outubro de 1996, concorreram a Prefeitura  Municipal de Padre Marcos nesse pleito dois candidatos, Dr. Raimundo Francisco Vieira com seu vice então na época estudante Williams Macedo e o então vereador Gilberto Moura Macedo que teve como candidato a vice, o médico Vilmar Moura Leal, tendo Dr. Raimundo e o seu vice “Wilinha” vencido a eleição com uma maioria de 425 votos e governado o município de 1997 a 2000.
    A Décima eleição municipal aconteceu em outubro de 2000 também com dois candidatos a prefeito, a ex-prefeita, Dra. Maria Neide de Macedo Soares com seu vice o então vereador Valdo Benedito da Silva e o então também vereador José de Fátima Araujo Leal “O Zé Melado” que teve como candidato a vice o também vereador da época Francisco Macedo Dantas “O Chiquito”, tendo a candidata Maria Neide de Macedo Soares vencido a eleição com uma maioria de 426 votos tendo gerido o município pela segunda vez no período de 2001 a 2004.
    A Décima primeira eleição aconteceu em outubro de 2004 e pela primeira vez na história política do município concorreram a Prefeitura Municipal de Padre Marcos três candidatos, a Dra. Maria Neide de Macedo Soares pleiteou a reeleição tendo como candidato a vice-prefeito o agropecuarista Manoel Joaquim da Silva conhecido como Irmão Tedosa (in  memorian). O ex-prefeito Dr. Raimundo Francisco Vieira com seu candidato a vice, o então vereador Gilberto Moura Macedo e o terceiro candidato a prefeito nesse pleito foi o ex-vereador José de Fátima Araújo Leal “O Zé Melado”, que venceu a eleição com seu candidato a vice, o ex-vereador e então vice-prefeito da época Valdo Benedito da Silva que governaram o município de  2005 a 2008.
    A Décima segunda eleição foi realizada no dia 05 de outubro de 2008 também com três candidatos a prefeito, José de Fátima Araújo Leal “O Zé Melado”, que pleiteou a reeleição com um novo candidato a vice-prefeito, o empresário Walter Pereira Soares Junior, filho da ex-prefeita Neide Macedo, o ex-prefeito Raimundo Francisco Vieira com seu candidato a vice-prefeito, o então vereador  Roberval Conrado Lima e o ex-vereador , ex-vice-Prefeito e ex-prefeito Interino Valdo Benedito da Silva e o seu vice José Airton da Silva “O Zé de Agnando” do povoado Riacho do Padre, tendo o candidato a reeleição Zé Melado vencido o pleito para a gestão de 2009 a 2012.
    A Décima terceira eleição municipal aconteceu no dia 07  de outubro de 2012, entre dois candidatos a prefeito, o empresário Lucinete Macedo Araújo “O Netinho” que teve como candidato a vice prefeito, o então vereador e ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores  Rurais (STR), José Valdinar da Silva e O ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-prefeito interino Valdo Benedito da Silva e o seu vice Jeydson Matos de Macedo “O Estudante GG Macedo ”. Netinho e Valdinar venceram a eleição com uma maioria de 1196 votos para gerir o município de 2013 a 2016.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS - PODER LEGISLATIVO
VEREADORES ELEITOS PARA PRIMEIRA LEGISLATURA-(1965 A 1966)
    ALCEBÍADES FRANCISCO DE ARAÚJO (IN MEMORIAN)
    JOSÉ JUBILINO DE MACEDO (IN MEMORIAN)
    DANIEL CAMPOS RIBEIRO
    ZACARIAS MANOEL DA SILVA (IN MEMORIAN)
    VITO ANTONIO DE MACEDO
VEREADORES ELEITOS PARA SEGUNDA LEGISLATURA – (1967 A 1970)
    JOSÉ JUBILINO DE MACEDO (IN MEMORIAN)
    VITO ANTONIO DE MACEDO
    JOSÉ VIRGILIO RIBEIRO (IN MEMORIAN)
    ABIMAEL ANTÃO DE CARVALHO
    ANTONIO BORGES LEAL
VEREADORES ELEITOS PARA TERCEIRA LEGISLATURA – (1971 A 1972)
    JOSÉ VIRGILIO RIBEIRO ( IN MEMORIAN)
    JOSÉ BENTO SOBRINHO
    FRANCISCO EGIDIO DE CARVALHO ( FOI + VOTADO DE ZEZITO)
    ANTONIO BORGES LEAL
    MARIA DE CARVALHO MACEDO – MARIA DE DR. LUIS (FOI A + VOTADA DE VITINHO E A 1ª PRESIDENTE DA CÂMARA EM 1971)
VEREADORES ELEITOS PARA QUARTA LEGISLATURA – (1973 A 1976)
     JOSÉ VIRGILIO RIBEIRO ( IN MEMORIAN)
    MARTINHO BORGES LEAL ( IN MEMORIAN)
    JOSÉ ANFRISIO DE CARVALHO
    ANTONIO BORGES LEAL
    JOSÉ ALENCAR COSTA
VEREADORES ELEITOS PARA QUINTA LEGISLATURA – (1977 A 1982)
    JOSÉ VIRGILIO RIBEIRO ( IN MEMORIAN)
    FRANCISCO JOÃO DE CARVALHO (IN MEMORIAN)-FOI O MAIS VOTADO DE VITINHO
    JOSÉ BENTO SOBRINHO
    FRANCISCO EGIDIO DE CARVALHO
    JOSÉ ANFRISIO DE CARVALHO
    ANTONIO BORGES LEAL
    JOSÉ ALENCAR COSTA
VEREADORES ELEITOS PARA SEXTA LEGISLATURA – (1983 A 1988)
    FRANCISCO ANTONIO DE CARVALHO
    FRANCISCO FELIPE DE SOUSA
    EDIMICIO LAPA DE MACEDO
    JOSÉ BENTO SOBRINHO
    LUDUGERO DE SOUSA SOBRINHO
    ALDEMAR ABMAEL DE ALENCAR
    JOÃO BATISTA PIRES
    EDMAR ANTÃO DE CARVALHO (IN MEMORIAN)
    OSVALDO ANTONIO DA COSTA
VEREADORES ELEITOS PARA SÉTIMA LEGISLATURA – (1989 A 1992)
    JOSÉ JUBILINO DE MACEDO (IN MEMORIAN)
    EDIMICIO LAPA DE MACEDO
    FRANCISCO FELIPE DE SOUSA
    PEDRO ALCÂNTARA DA LUZ
    ALDEMAR ABIMAEL DE ALENCAR
    GIBERTO MOURA MACEDO
    EDMAR ANTÃO DE CARVALHO (IN MEMORIAN)
    OSVALDO ANTONIO DA COSTA
    ADAUTO RODRIGUES COUTINHO
VEREADORES ELEITOS PARA OITAVA LEGISLATURA – (1993 A 1996)
    ELEÚZA MARIA DA ALENCAR (IN MEMORIAN)
    VALDO BENEDITO DA SILVA
    JACINTO MARTINIANO DE CARVALHO
    JOSÉ ABDIAS DOS SANTOS
    BENICIO ISIDÓRIO DE ABREU
    JOSÉ DE FÁTIMA DE ARAÚJO LEAL
    GILBERTO MOURA MACEDO
    VITO ANTONIO DE MACEDO
    REINALDO JOVELINO DA SILVA
VEREADORES ELEITOS PARA NONA LEGISLATURA – (1997 A 2000)
    MANOEL DOS REIS NETO ( IN MEMORIAN)
    VALDO BENEDITO DA SILVA
    JOSÉ ABDIAS DOS SANTOS
    JACINTO MARTINHO DE CARVALHO
    TEREZA CRISTINA GRANJA ALENCAR
    JOSÉ DA FÁTIMA DE ARAÚJO LEAL
    VITO ANTONIO DE MACEDO
    FRANCISCO MACEDO DANTAS (CHIQUITO)
    RAIMUNDO NONATO DE ARAÚJO CARVALHO
VEREADORES ELEITOS PARA DÉCIMA LEGISLATURA – (2001 A 2004)
    MANOEL DOS REIS NETO ( IN MEMORIAN)
    ROBERVAL CONRADO LIMA
    JOSÉ ABDIAS DOS SANTOS
    LUCINETE DOMICIANA DE CARVALHO
    LUCIMÁRIA MOURA MACEDO SILVA
    MARIA LUZIMAR DE CARVALHO
    GILBERTO MOURA MACEDO
    RAIMUNDO NONATO DE ARAÚJO CARVALHO
    FRANCISCO JOSÉ DE MACEDO (ASSIS DO RIACHO)
VEREADORES ELEITOS PARA DÉCIMA PRIMEIRA LEGISLATURA – (2005 A 2008)
    WILLIANS MACEDO
    ROBERVAL CONRADO LIMA
    ANTONIO FRANCISCO DE CARVALHO
    JACINTO MARTIMIANO DE CARVALHO
    NATANAEL BIÁ DA SILVA
    LUCIMARIA MOURA MACEDO SILVA
    ADÃO JOSÉ DA SILVA
    FRANCINÊS DE MACEDO DE CARVALHO
    JOSÉ ABDIAS DOS SANTOS
VEREADORES ELEITOS PARA DÉCIMA SEGUNDA LEGISLATURA – (2009 A 2012)
    JOSÉ VALDINAR DA SILVA
    EMANOELA CONRADO SOUSA LIMA
    ADÃO JOSÉ DA SILVA
    JANCINTO MARTINIANO DE CARVALHO
    ANTONIO FRANCISCO DE CARVALHO
    GILBERTO MOURA MACEDO
    WILLIAMS MACEDO
    LILIAN RAQUEL MACEDO MATOS
    FRANCISCO JOSÉ DE MACEDO
VEREADORES ELEITOS PARA DÉCIMA TERCEIRA LEGISLATURA – (2013 A 2016)
    ROBERVAL CONRADO LIMA
    ANTONIO FRANCISCO DE CARVALHO
    ADÃO JOSÉ DA SILVA
    ANA MEIRE MARIA DE MACEDO
    FRANCISCO JOSÉ DE MACEDO
    LUCIMARIA MOURA MACEDO SILVA
    JOSÉ BONIFACIO DA SILVA DIAS
    WILLIAMS MACEDDO
    JUVANIR ANTONIO DE MACEDO

PODER JUDICIÁRIO
A Comarca de Padre Marcos foi criada em 17 de fevereiro de 1986 pela Lei  Nº 4.075 e instalada solenemente em 13 de fevereiro de 1987, pelo Governador da época José Raimundo Bona Medeiros, o Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Paulo de Tarso Mello e Freitas e o Corregedor de Justiça, Desembargador Antonio Ribeiro de Almeida.

Fonte: Cidades na Net
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: