1.400 municípios brasileiros param dia 13 de maio para cobrar medidas mais eficazes contra a seca

08 maio



Dirigentes das entidades estaduais estarão em Brasília no dia 14 de maio para entregar o documento

Postado por: Hélder Rocha (ascom@appm.org.br)

Por conta da quantidade de municípios atingidos pela estiagem, cerca de 1.400 segundo a Carta do Nordeste, as associações de municípios da região mobilizam a sociedade para o grande ato nacional de prefeitos deste dia 13 de maio. O objetivo é alerta todo o país para os resultados da seca na economia e na vida dos nordestinos e cobrar medidas mais eficazes do Governo Federal.
Para chamar a atenção do governo sobre o problema da seca e apresentar as reivindicações dos gestores, os dirigentes das entidades estaduais decidiram promover uma mobilização no dia 13 de maio. Com apoio da Confederação Nacional dos Municípios, os dirigentes das estaduais decidiram sobre a manifestação durante reunião na sede da AMA, em Alagoas, no dia 30 de abril.
No dia 14 de maio, os dirigentes das entidades estaduais estarão em Brasília para entregar documento aos presidentes da Câmara dos Deputados  e do Senado Federal com uma radiografia e reivindicações do Nordeste.
Para o presidente da APPM, Arinaldo Leal, as medidas anunciadas até agora pelo Governo Federal não atuam diretamente na origem do problema e não promovem um trabalho baseado em planejamento e ação continuada.
“Essa centralização dos recursos nas mãos do Governo Federal impossibilita uma intervenção mais eficaz por parte dos municípios. Isso repercute negativamente na execução das políticas públicas e sociais no âmbito municipal, em prejuízo dos milhares de brasileiros e brasileiras que vivem nos pequenos municípios”, relata Arinaldo.
Os municípios piauienses devem enviar todo o material de registro das mobilizações realizadas nos municípios (fotos, vídeos, textos) para a APPM, para que estes sejam enviados para Brasília.
Mais informações:
(86) 2107-7917 Sérgio Gallas
Fonte: Portal APPM / nordeste.cnm.org.br 
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: