Gêmeos de 16 anos são executados dentro de casa enquanto dormiam

  

Os criminosos invadiram a casa onde eles moravam sozinhos. Ciganos são os principais suspeitos.

Irmãos gêmeos, de apenas 16 anos, foram executados dentro de casa, na madrugada desta terça-feira(21) em Alegrete do Piauí (a 379 quilômetros de Teresina). João Pedro, conhecido como Dadá e Pedro Franco, o Nenega, estavam dormindo na hora em que foram mortos. Os criminosos invadiram a casa onde eles moravam sozinhos. Ciganos de Pernambuco que viviam na cidade são os principais suspeitos.

Uma das hipóteses é de que um dos gêmeos seria suspeito de estuprar e matar um garoto de cinco anos, filho de ciganos, há cerca de oito dias. O duplo homicídio chocou a sociedade, já que os gêmeos eram bastante conhecidos. 

O crime aconteceu por volta das 2 horas da manhã. Um deles ainda estava deitado na rede quando foi alvejado com nove tiros e o outro chegou a se levantar e foi alvejado com oito tiros. 

Segundo apurou o Cidadeverde.com, o garoto teria sido morto por um coice de animal, mas quando chegou ao hospital em Picos, foi constatado que havia sangue em seu ânus. Ao ser encaminhado para Teresina, foi averiguado o estupro e que ele teria sido morto com uma pedrada na cabeça, na última segunda-feira(13). 

Com a morte do garoto, os ciganos que moravam na cidade há 18 anos, resolveram voltar para Pernambuco, mas ameaçando voltar assim que soubessem quem tivesse sido o autor do estupro. Eles teriam descoberto que um dos gêmeos teria sido o autor do estupro, como não sabiam qual, teriam supostamente matado os dois. 

O delegado regional de Fronteiras, Bruno Meyer, enviou uma equipe à cidade e está iniciando as investigações. Ele não quis adiantar qualquer informação a respeito dos crimes. “Ainda é cedo para dar qualquer informação”, se limitou a dizer. 

Fonte: CidadeVerde.com
Matéria: Caroline Oliveira
E-mail: carolineoliveira@cidadeverde.com


CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: